Copa Libertadores

Flamengo recebe o Emelec e tenta manter vivo o sonho do bi

Flamengo e Emelec se enfrentam nesta quarta-feira (31), às 21h30 (de Brasília), no Maracanã, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores. Na primeira partida, os equatorianos levaram a melhor e venceram por 2 a 0, gols de Godoy e Caicedo. A equipe rubro-negra terá de inverter a desvantagem no placar, vencendo por mais de dois gols de diferença, feito que nunca conseguiu realizar em mata-matas da competição. O time equatoriano nunca venceu, nem sequer marcou um gol, em mata-mata de Libertadores, jogando no Brasil. O time comandado por Jorge Jesus está na 3ª colocação do Campeonato Brasileiro e venceu o clássico contra o Botafogo, por 3 a 2, no último domingo (28). Apesar da vitória, o Flamengo sofreu dois gols, ambos de bola parada. Desde que o português assumiu, a defesa f...

Jesus esclarece suas decisões e reconhece o desempenho ruim do Flamengo

O técnico Jorge Jesus foi contestado por algumas escolhas na escalação como o lateral-esquerdo Rafinha avançado, sendo que a última vez que ele fez essa função foi há 3 anos. Além disso, o português demonstrou otimismo em conseguir a classificação na partida de volta no Maracanã.

Flamengo enfrenta o Emelec na corrida pelo bicampeonato

Chegou a hora de o Flamengo entrar em campo pelas oitavas de final da Libertadores. Na noite desta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), o time de Jorge Jesus visita o Emelec no Estádio George Capwell, pelo jogo de ida da fase – a partida de volta já será na quarta-feira que vem, no Maracanã. Será também a estreia do técnico português no principal torneio da América do Sul. Com sete Champions League no currículo, o técnico português, que completa 65 anos nesta quarta, tentará levar o Flamengo até o título que não conquista desde 1981, com a geração de Zico. O Emelec, por sua vez, chega como azarão para o duelo. Anda mal das pernas no Campeonato Equatoriano – está apenas em 7º lugar – e classificou em segundo no Grupo B da Libertadores. Porém, os equatorianos já surpreenderam o Cruzeiro est...

Libertadores 1981 – Esclarecendo Historicamente.

Há muitas contestações ou tentativas de redução em relação ao título rubro-negro da Libertadores de 1981. Embora tricolor, e talvez até por conta desta qualidade ímpar (não ia perder esta oportunidade), só me cabe aqui restabelecer a verdade histórica sobre os acontecimentos da época. 1 – Guerra das Malvinas e a não participação de clubes argentinos e uruguaios Certamente você que está lendo já ouviu falar de que a Libertadores foi mais fácil em 1981 por conta desta guerra e da ausência de clubes de alguns países, ou que então alguns países teriam mandado equipes reservas ou de base para a competição. Não é verdade. Em primeiro lugar, pra quem entende um pouquinho de futebol, o conceito de titular e reserva é muito relativo. Em segundo, embora já houvesse tensão entre a Inglaterra e ...

Leomir lamenta desatenção, se queixa do gramado, mas ressalta os pontos positivos

O time da Gávea perdeu pela segunda vez na Copa Libertadores da América, pelo placar de 2 a 1 para a LDU de Quito. Apesar de somar nove pontos, e liderar o grupo D junto com o Peñarol, o Flamengo vai ao Uruguai na última rodada precisando empatar para jogar às oitavas de final. O técnico interino, Leomir de Souza, que substituiu Abel Braga na beira do campo por suspensão, lamentou a derrota ao final da partida, creditando o resultado à falta de atenção dos jogadores e ao estado do campo. Mas enfatizou os bons momentos do time: “Já esperávamos uma pressão muito forte. Conseguimos um gol, conseguimos segurá-los, mas acabamos tomando um gol em uma bobeira nossa. Claro que o campo ali nos prejudicou um pouco, em um campo normal a bola bateria na mão do Diego Alves. Mas não é desculpa, fo...

Time sofre a virada em Quito e se complica

Atuação ruim, virada e decisão das vagas do grupo D adiada para a última rodada da primeira fase. Em partida abaixo da média, o Flamengo até saiu na frente, mas foi pressionado pela LDU e sofreu sua segunda derrota nesta Libertadores – Bruno Henrique abriu o placar, e Anangonó e Chicaiza marcaram para os equatorianos. Os rubro-negros seguem na liderança com nove pontos e dependem só de um empate com o Peñarol para avançarem às oitavas. Porém, a situação, que seria resolvida com um empate em Quito, pode ficar delicada no próximo dia 8 de maio, em Montevidéu. Resumo da Partida O Flamengo começou evitando os avanços da LDU, e conseguiu abrir o placar em sua primeira chance real: Pará avançou livre pela direita e cruzou na medida para Bruno Henrique marcar. Everton Ribeiro ainda mandou u...

Time titular recebe o Peñarol no Maracanã e vitória já encaminha a classificação

Empate desta terça-feira (2) entre San José e LDU, na Bolívia, abre a possibilidade de o clube estabelecer cinco pontos de vantagem para o segundo colocado no grupo D.

Diego Alves brilha, Gabigol deixa o dele, e time e assume a liderança do grupo D

Em sua primeira partida em casa pela Copa Libertadores, o Flamengo venceu a LDU por 3 a 1 e assumiu de vez a liderança do Grupo D da competição. O jogo da noite desta quarta-feira (14) levou 62 mil rubro-negros ao Maracanã.

P