Share This Post

Vasco

Luxemburgo quer esquecer passado recente do clube e focar no Brasileiro

Luxemburgo quer esquecer passado recente do clube e focar no Brasileiro

Vanderlei Luxemburgo quer os jogadores vascaínos esquecendo o passado recente do clube. Para o técnico, não há motivos para olhar para trás. O Campeonato Brasileiro ainda está em fase inicial e Vanderlei afirmou querer retomar anos gloriosos no Vasco.

O comandante contou sobre Maxi López, principal jogador do time e envolvido em polêmicas com a balança, e a partida contra o Avaí, que, segundo Vanderlei, será obrigatório tratar a 5ª rodada como uma “decisão” em São Januário.

“Para trás não me interessa. Não soma nada para mim. Eu vou trabalhando com eles daqui para frente. Isso é importante. Tem toda uma competição pela frente. Duas vitórias nesse campeonato mudam muita coisa. O passado recente do Vasco não é bonito, com três quedas. Mas o passado do Vasco é uma coisa muito bonita”, disse Vanderlei.

”Daqui para a frente, quero trabalhar o futuro, buscando recuperar o passado do Vasco. É uma coisa para mostrar os jogadores, para entenderem o que é o Vasco, o que tem de grandeza. Se ficar preso aos últimos anos, não é uma coisa legal. Vamos olhar as coisas positivas que o Vasco conquistou”, disse o treinador.

No domingo (19), em São Januário, 19h, o Vasco enfrentará o Avaí para tentar sair da lanterna da competição. Será a primeira partida sob comando de Luxemburgo e o técnico contou como quer a preparação para o jogo.

“A meta é o jogo de domingo, que é uma decisão. Se não encararmos esse jogo como decisão, aí complicou. O Brasileiro é longo, e às vezes fica um pouco disperso. Você tem que incentivar o jogo e mostrar que cada jogo é uma decisão. Para nós, o jogo contra o Avaí é extremamente importante. Não posso fazer uma projeção”, contou.

Vanderlei terá um grande desafio no Vasco. Fazer com que Maxi López volte a fazer grandes partidas e despache a desconfiança do torcedor. Luxemburgo afirmou ter conversado com o atacante e deixou evidente a cobrança que será em cima de um jogador do porte como Maxi.

“Jogador importante, que impõe respeito ao adversário. Conversei com ele sobre minha relação profissional. profissionalismo o tempo todo. Ele sabe as metas que ele tem que fazer. Temos um tempo para que ele possa entender como eu quero ele. A forma como eu quero. Não tenha dúvida de que vai ser cobrado. Conversei da necessidade daquilo que preciso dele. É uma realidade nossa, interna, de ser uma conversa direta, olho no olho. Ele tem que saber o que representa”, contou Luxemburgo.

Luxemburgou contou a conversa que teve com seus jogadores. Para o técnico, eles terão de entender o que é o Vasco e o porquê estão no clube, em busca de conquistar a confiança dos jogadores e voltar a ser um Vasco com mais vontade dentro de campo.

“A partir de agora, esses jogadores têm que entender o que é o Vasco, o porquê estão aqui. Eu quero um time brioso, aguerrido. Fazer de São Januário a nossa casa”, finalizou Luxemburgo.

FOTO: Rafael Ribeiro/Vasco.

Share This Post

Matheus Reis avatar
Cobertura do Vasco da Gama no Futebolzinho.com. Estudante de Jornalismo da UniCarioca e Ciências Sociais pela Uerj.
P