Share This Post

Campeonato Carioca / Flamengo / Vasco

Maxi decide no fim e ‘Clássico dos Milhões’ termina empatado no Maracanã

Maxi decide no fim e ‘Clássico dos Milhões’ termina empatado no Maracanã

Vasco e Flamengo empataram mais um confronto – o quinto seguido. Dessa  vez, em 1 a 1, no Maracanã, no sábado (9), com gols de Arrascaeta e Maxi López, de pênalti, ambos no segundo tempo. Abel Braga poupou os titulares, mas mesmo assim o Flamengo ditou o ritmo da partida e perdeu grandes oportunidades. O Vasco de Alberto Valentim encontrou dificuldades para criar oportunidades e fazer a ligação entre o meio e o ataque, e empatou o jogo em cobrança de pênalti, aos 50 minutos da segunda etapa.

O JOGO

A partida começou com alta intensidade para os dois lados. Equipes buscando o ataque, ocasionando lances perigosos que assustaram os goleiros Fernando Miguel e César. Com o decorrer do jogo e, principalmente, depois da parada técnica aos 20 minutos, o confronto perdeu intensidade. O Flamengo, porém, manteve a posse de bola e dominou as ações.

Mesmo não conseguindo infiltrar na zaga de Abel Braga, o técnico Alberto Valentim manteve o time para o início do segundo tempo. E, aos dois minutos, o Flamengo marcou seu gol com Arrascaeta, em num contra-ataque muito bem organizado, criada por Éverton Ribeiro, Ronaldo e Vitinho.

A partir do gol, o Flamengo teve tranquilidade pra realizar suas ações e viu o Vasco apostar nas cobranças de falta de Danilo Barcelos ou nas bolas lançadas para Maxi López, que não conseguiu êxito na função de pivô, embora, por vezes, fosse marcado com
falras pelos defensores adversários.

O Vasco fez alterações na segunda etapa para tentar reagir: Rossi no lugar de Pikachu, Bruno César no lugar de Thiago Galhardo e Ribamar no lugar de Raúl. Valentim terminou a partida num 4-1-4-1, com um só volante, um meia e quatro atacantes. Liberou até os zagueiros para o ataque.

Em um jogo de 34 finalizações para os dois lados (18 para o Flamengo e 16 para o Vasco), a partida tomava o seu rumo para uma derrota vascaína e o término da invencibilidade. Mesmo com Alberto Valentim tentando o “tudo ou nada” para cima do rival.

Aos 48 minutos do segundo tempo, Marrony foi empurrado pelo zagueiro Thuller e o árbitro Eagner dos Santos marcou o pênalti. Maxi López, que provocava os rubro-negros há algumas. Semanas declarando que não iria ter pena do Flamengo, cobrou com segurança. César chegou a tocar na bola e empatou o clássico.

Antes e depois do gol, jogadores e membros da comissão técnica do Flamengo se exaltaram nas reclamações contra os árbitros da partida. Bruno Henrique foi expulso depois do juiz já ter apitado.

RESULTADO NA TABELA

O Vasco chega aos cinco pontos e permanece na segunda posição do Grupo B da Taça Rio. O time está há doze jogos sem perder em 2019. O Flamengo tem sete pontos, segue na ponta do Grupo C, mas pode perder a liderança para a Cabofriense, que enfrenta o Fluminense neste domingo (10). Na próxima rodada, o Vasco visita a Cabofriense, e o Flamengo recebe o Volta Redonda. Antes disso, a equipe de Alberto Valentim enfrenta o Avaí pela Copa do Brasil, em São Januário, e os comandados de Abel Braga recebem a LDU no Maracanã, pela Copa Libertadores.

FOTO: Rafael Ribeiro/Vasco.

Share This Post

Matheus Reis avatar
Roteirista por formação, estudante de Jornalismo na UniCarioca e Ciências Sociais na Uerj. Cobertura do Vasco no Futebolzinho.Com.