Share This Post

Vasco

Relembre a final da Taça Rio de 1999: há 20 anos, Vasco saiu campeão com dois gols de Edmundo

Relembre a final da Taça Rio de 1999: há 20 anos, Vasco saiu campeão com dois gols de Edmundo

A decisão da Taça Rio 2019, entre Vasco x Flamengo acontece neste domingo (31), às 16h, no Maracanã. O “Clássico dos Milhões” já protagonizou a final do torneio em sete ocasiões. O Vasco levou a taça para casa em quatro delas (1992, 1993, 1999 e 2001)  enquanto o Flamengo ficou com o caneco por três vezes (1996, 2000 e 2011).

O time de São Januário é o maior vencedor da Taça Rio, com dez conquistas, enquanto o time da Gávea já saiu vitorioso oito vezes. Nesta final, o Flamengo pode empatar o número de vitórias em confrontos diretos e diminuir a distância de títulos para o maior vencedor do torneio, enquanto o Vasco procura ampliar a sua vantagem. Mas, antes de saber quem levará a melhor neste ano, decidimos trazer uma final de 20 anos atrás para você relembrar.

1999: O CAMPEONATO CARIOCA

O Campeonato Carioca foi dividido em duas fases: a primeira era a Taça Guanabara e a segunda a Taça Rio. Eram dez participantes, que jogaram “todos contra todos” no sistema de pontos corridos, em turno único e sem divisão de grupos. Sendo assim, o time que pontuasse mais seria o vencedor do respectivo torneio. A única diferença entre os torneios seria a troca de mandantes em cada jogo. Os campeões de cada fase fariam a final do Campeonato Carioca. Caso o mesmo time ganhasse as duas fases, seria o campeão automaticamente.

O CASO EDMUNDO

Na Taça Rio, a polêmica teve nome e sobrenome: Eurico Miranda. O então vice de futebol inscreveu Edmundo para atuar no Estadual, mas havia um ‘porém’: o atacante ainda atuava pelo Fiorentina, da Itália. Eurico garantia que o documento da Fiorentina informando que o Vasco havia honrado o valor de 13 milhões de dólares da contratação era o suficiente para a regularização e inscreveu o atleta a dois dias do prazo final da inscrição no Estadual, na Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj). Imediatamente, Flamengo e Botafogo mostraram irritação.

Para conseguir esse feito, o dirigente encontrou respaldo em um documento assinado pelo jogador, que se chamava ‘Pedido de Transferência’, no qual ele manifestava o desejo de jogar pelo clube carioca. O documento foi aceito pela FERJ, no entanto, a liberação oficial do Fiorentina e da Federação Italiana não tinham chegado ao Brasil. Com isso, Flamengo e Botafogo apontavam que a inscrição do atleta era irregular e prometeram acionar a Justiça para evitar que ele entrasse em campo. Embora a CBF não reconhecesse a transferência e garantisse que sua condição era irregular, Eurico garantia que o Vasco tivesse o suporte da FERJ.

O dirigente disse ao jornal o Globo o que pensava sobre o caso:

“Não me interessam a CBF, a Fifa ou quem quer que seja. Eu não seria maluco de pôr o Edmundo em campo se ele não tivesse condições. Não sei qual a mecânica da CBF, mas se eles acham que o documento não chegou, que informem como acharem devido.”

O vice de futebol de Botafogo, Alberto Macedo, também se manifestou:

“Não podemos impedir Edmundo de jogar no domingo, mas nada impede que recorramos após o jogo. Não faz sentido uma data limite se o clube inscrever um jogador sem contrato.”

Mas não houve jeito. Edmundo foi apresentado em São Januário no fim de maio e, dias depois, enfrentou o Botafogo em sua reestreia pelo clube. Bastava ao Vasco uma vitória para ser campeão da Taça Rio e decidir o Campeonato Carioca com o Flamengo, campeão da Taça Guanabara. O clássico terminou empatado em 1 a 1 e a decisão do segundo turno ficou para a última rodada, em um clássico justamente entre Flamengo e Vasco.

O JOGO

Foi na decisão da Taça Rio que a carta na manga de Eurico pôde mostrar ao que veio! Se o incômodo do Flamengo com a suposta inscrição irregular de Edmundo tivesse barrado a escalação do jogador, a história poderia ter sido outra. A decisão provou o motivo da insistência de Eurico Miranda pelo ‘Animal’ e o motivo da tentativa do rival de barrar o jogador: foi Edmundo quem marcou os dois gols do jogo, que deu o título para o Gigante da Colina.

Como era o então atual da Taça Guanabara, se vencesse, o time da Gávea seria automaticamente o Campeão Carioca daquele ano. O Vasco jogava pela vitória, não apenas pelo título da Taça Rio, mas também pela classificação para a final do Estadual. O Flamengo, que tinha Romário entre os seus 11 titulares, viu seu sonho ser adiado pelo Animal.

Com uma chuva torrencial no Maracanã, o embate entre Romáro e Edmundo, que sequer se olharam no início da partida e as dividas fortissímas em cada lance disputado, o primeiro gol do jogo só veio aos 18 minutos do 2º tempo, quando Zé Maria cruzou e Edmundo subiu sozinho para marcar de cabeça: Vasco 1 a 0. Após o gol, o Vasco teve chances de ampliar com Paulo Miranda e o Flamengo de empatar com Luis Alberto, mas foi Edmundo quem estava predestinado a fazer história. Aos 48, Ramon cruzou na área e o atacante subiu para fazer um voleio animal e mandar pra rede: Vasco 2 a 0. O time de São Januário sagrou-se campeão da Taça Rio e foi a final do Estadual com a vantagem do empate nos dois jogos, mas o fim dessa história fica pra depois…

Veja o pôster do Vasco de Campeão da Taça Rio de 1999:

E a reportagem do Baú do Esporte sobre a final:

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 0 x 2 VASCO

Local: Maracanã (Rio de Janeiro);
Público: 64 845
Renda: não divulgado
Juiz: Vágner Tardelli;
Gols: Edmundo, aos 18 e 48 do 2°;
Cartão amarelo: Felipe, Beto, Rodrigo Mendes, Donizete, Paulo Miranda, Edmundo e Ramón

FLAMENGO: Clêmer, Pimentel, Luiz Alberto, Fabão e Athirson; Vágner, Leonard Beto e Rodrigo Mendes (Reinaldo); Caio (Fabiano) e Romário.Técnico: Carlinhos

VASCO: Carlos Germano, Zé Maria (Mi rica), Odvan, Geder e Felipe; Nasa, Paulo Miranda, Vágner (Ramón) e Alex Oliveira (Fabricio Carvalho); Edmundo e Donizete.Técnico: Alcir Portela

FONTE: Chute Cruzado

REDAÇÃO: Futebolzinho.com

Share This Post

Fernanda Vidon avatar
Carioca, 18 anos. Cursando jornalismo ou, eu diria... vivendo um sonho! Na cobertura do Vasco pelo Futebolzinho. Além disso, apaixonada por rap br e auto conhecimento. "Prometa a si mesmo que terá uma vida incrível e o Universo entenderá o recado."
P