Share This Post

Copa do Brasil / Santos / Vasco

Time carioca vence, mas é eliminado da Copa do Brasil

Time carioca vence, mas é eliminado da Copa do Brasil

O Vasco se reencontrou com o futebol competitivo e venceu o Santos por 2 a 1, em São Januário, na noite desta quarta-feira (24). Mas o resultado foi insuficiente para classificar a equipe de Marcos Valadares para a próxima fase da Copa do Brasil. A derrota por 2 a 0 na Vila Belmiro no primeiro jogo acabou sendo determinante.

Sem o zagueiro Leandro Castan e o goleiro Fernando Miguel, que se lesionaram no primeiro tempo, o treinador interino teve de queimar duas substituições e rever suas estratégias. Ricardo Graça, que entrou no lugar de Castán, e Raul marcaram os gols do Vasco e Jorge fez o do Santos. O mesmo Ricardo chegou a fazer o terceiro gol já nos acréscimos, mas o árbitro assistente anulou, marcando corretamente o impedimento.

O JOGO

Mesmo com 2 a 0 no primeiro jogo, o Santos de Sampaoli optou marcar a saída de bola do Vasco e assumir o controle do jogo. Mas sua defesa cometeu erros infantis quando pressionada e os donos da casa tiraram proveito. Aos 12 minutos, o zagueiro Aguilar falhou na saída de bola e Lucas Mineiro acionou Maxi López. O argentino ajeitou com o calcanhar e Raul abriu o placar chutando rasteiro.

O time santista tentou não se impressionar, trabalhou mais a bola e criou boas oportunidades. Mas, em cobrança de escanteio pela direita, zagueiro Ricardo Graça aumentou a vantagem, escorando de cabeça o cruzamento de Danilo Barcelos.

Ricardo Graça coroou boas atuações com o gol na partida (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco).

No segundo tempo, com o atacante Soteldo no lugar do volante Alisson, o time ganhou velocidade nos contra-ataques. Logo aos oito minutos, em uma falha defensiva no lado direito da defesa vascaína o Santos diminuiu, numa jogadas de Soteldo pela esquerda e o lateral Jorge chutou, no angulo esquerdo do jovem Alexander.

O Vasco continuou tentando criar jogadas ofensivas, mas, com o desempenho físico abaixo do esperado, o time carioca teve muitas dificuldades para se manter no jogo. Aos 46m, já nos acréscimos, Ricardo Graça chegou a marcar o terceiro gol, mas o assistente marcou impedimento.
 

Alguns minutos depois, em mais uma falha da defesa do Santos (desta cez do zagueiro Gustavo Henrique) Maxi López ficou frente à frente com o goleiro Éverson. O argentino tentou encobrio-lo, mas usou muita força e desperdiçou a última chance do time na Copa do Brasil.

A vitória trouxe sabor amargo para os vascaínos, que só terão o Campeonato Brasileiro em disputa até dezembro, além de deixar de conquistar as altas cifras das premiações da Copa do Brasil. O Santos se classificou e aguarda o sorteio para saber seu adversário nas oitavas de final.

FICHA TÉCNICA
VASCO 2 X 1 SANTOS

Data/Hora: 24/04/2019, às 19h15 (de Brasília)
Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Rafael Traci (SC) – 5,5 – Poderia ter segurado o apito na boca um pouco mais. Parou muito o jogo.
Auxiliares: Helton Nunes (SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)
Público/renda: 8.859 / R$ 181.098,00
Cartão amarelo: Lucas Mineiro e Cáceres (VAS); Soteldo, Yuri Lima e Alison (SAN)
Gramado: Bom

Gols: Raul 12’/1ºT (1-0), Ricardo Graça 38’/2ºT (2-0), Jorge 8’/2ºT (2-1)

VASCO: Fernando Miguel (Alexander, 24’/1ºT); Cáceres (Yan Sasse, 38’/2ºT), Werley, Leandro Castán (Ricardo Graça, 10’/1ºT) e Danilo Barcelos; Raul, Lucas Mineiro, Lucas Santos e Yago Pikachu; Marrony e Maxi López. Técnico: Marcos Valadares.

SANTOS: Everson; Victor Ferraz, Felipe Aguilar, Gustavo Henrique e Jorge; Alison (Soteldo – Intervalo), Diego Pituca, Carlos Sánchez (Jean Lucas, 23’/2ºT) e Jean Mota (Yuri Lima, 42’/2ºT); Rodrygo e Derlis González. Técnico: Jorge Sampaoli.

FOTO: Rafael Ribeiro/Vasco

Share This Post

Matheus Reis avatar
Cobertura do Vasco da Gama no Futebolzinho.com. Estudante de Jornalismo da UniCarioca e Ciências Sociais pela Uerj.
P