Share This Post

Campeonato Carioca / Vasco

Valentim elogia postura, mas reclama da temperatura em Moça Bonita: “Fica impossível”

Valentim elogia postura, mas reclama da temperatura em Moça Bonita: “Fica impossível”

Sob temperatura digna de um verão no Rio de Janeiro, cerca de 41°C, o Vasco manteve o 100% de aproveitamento na Taça Guanabara e está classificado para a semifinal. A equipe de Alberto Valentim, neste sábado (2), contra o Fluminense, em Brasília, decidirá o primeiro lugar do grupo.

O magro resultado demonstrou que a equipe mista do Vasco sofreu com o adversário, que teve chances de empatar, mas especialmente com a temperatura. No primeiro tempo, os termômetros marcaram 41º. E para Valentim, esse foi um dos motivos para o time não render tão bem.

“Vitória importante. Estão todos de parabéns. Por causa do calor, tudo é muito difícil. É muito ruim cobrar dinâmica o tempo todo no jogo. Fica impossível. Então, fizemos melhor no primeiro tempo, quando ainda não tínhamos o desgaste total. Mas gostei muito do jogo, foi um placar de 1 a 0 só, mas a equipe se comportou muito bem”.

O treinador também avaliou a estreia de Bruno César, especificando que entende a dificuldade de estrear nestas circunstâncias. Em seu segundo jogo como relacionado, Bruno entrou na segunda etapa e ainda está em fase de adquirir ritmo de jogo.

“Ainda está entrando no ritmo, mas a gente precisa muito mais dele do que ele mostrou hoje no calor, que não ajudou muito. Contamos muito com ele, em qualidade e dinâmica também”.

Vai poupar contra o Fluminense?

“Vamos avaliar bem, como temos feito com a fisiologia. Temos apenas dois dias, mas vamos com a força máxima dentro daquilo que achamos ideal para enfrentar o Fluminense”.

Gramado do Mané Garrincha

“Quando recebemos a notícia, a direção nos passou tranquilidade e avisou que o gramado estaria em boas condições”.

Volta do Rildo

“Rildo é um jogador muito importante. Fizemos um trabalho para ele entrar em forma. Claro que ele precisa de mais jogos, mas fico muito feliz por contar com ele, porque é um jogador que vamos precisar muito ao longo da temporada”.

Maxí López

“Vamos avaliar até sexta. Queremos ir com força máxima”.

Calor

“Não é o que queríamos. Falamos muito em valorizar os estaduais, dar jogos de intensidade e qualidade ao torcedor. Mas você cobrar isso com uma sensação térmica de quase 50º é impossível”.

PRIMEIRO CLÁSSICO DO ANO

A próxima partida do Vasco será pela última rodada da fase de grupos da Taça Guanabara, contra o Fluminense, neste sábado (2), no Mané Garrincha, em Brasília. O vencedor enfrentará o segundo do grupo B; se o empate prevalecer, Vasco permanecerá em primeiro e Fluminense, de Fernando Diniz, jogará contra o Flamengo, de Abel Braga, na semifinal. Uma vitória da equipe tricolor garante o confronto entre Vasco e Flamengo na semifinal.

FOTO: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br.

FONTE: GloboEsporte.com.

REDAÇÃO: Futebolzinho.com.

Share This Post

P