Share This Post

Vasco

Valentim ignora a invencibilidade e elogia garra dos jogadores

Valentim ignora a invencibilidade e elogia garra dos jogadores

O Vasco treinado por Alberto Valentim encontrou diversas dificuldades, mas conseguiu um empate – com sabor de vitória – nos acréscimos no clássico contra o Flamengo, no Maracanã, neste sábado (9). Após a partida, Valentim elogiou a garra dos jogadores e principalmente o gol evitado por Danilo Barcelos, lateral-esquerdo titular:

“É um time que vem se entregando. Hoje, não desistimos da partida em momento algum, antes mesmo da jogada do pênalti, com o Danilo dando um pique de quase cem metros para evitar o gol do Rodinei”, destacou Valentim.

Um questionamento recorrente é o atacante argentino Maxi López, que decidiu a partida com gol de pênalti aos 50 minutos do segundo tempo. Entretanto, Maxi não apresenta boas estatísticas e ainda não atingiu a sua ótima performance de 2018. Valentim saiu em defesa do xodó da torcida vascaína.

“O Maxi está se empenhando mais para entrar em forma, se dedicando mais, e a gente precisa muito dele. Não foi brilhante, e a gente precisa criar. Mas participou bastante, é muito importante, e a frieza para cobrar o pênalti, colocou toda a qualidade ali”.

O Vasco enfrentou uma equipe alternativa do Flamengo, mas com estrelas valiosas como Éverton Ribeiro e Arrascaeta. Sabendo da atitude de Abel Braga em poupar alguns atletas, Valentim comentou que já esperava encontrar dificuldades e indicou que utilizou os titulares no clássico.

“Flamengo tem um elenco qualificado. A gente entrou sabendo que iria encontrar muitas dificuldades mesmo não sendo a equipe que o Abel jogou na Copa Libertadores. Tivemos boas chances já no começo com o Yago Pikachu, depois um cabeceio do Marrony. Em relação ao Vasco, foi o time titular hoje. Isso que os jogadores têm de entender. O próximo jogo, na Copa do Brasil, vamos analisar bem, estudar bastante o Avaí, e depois vou decidir”.

Alberto Valentim quebrou um tabu que tem conquistado a torcida vascaína: a invencibilidade em 2019. O técnico garantiu que a equipe não está preocupada em manter a invencibilidade, de empatar jogos apenas para manter o recorde, mas de conquistar bons resultados.

“Até foi um pedido meu que estivéssemos serenos e tranquilos para buscar o empate até o final. A gente não está preocupado em empatar porque vamos perder invencibilidade, queremos somar pontos porque o regulamento dá vantagem para melhor campanha”.

Share This Post

Matheus Reis avatar
Cobertura do Vasco da Gama no Futebolzinho.com. Estudante de Jornalismo da UniCarioca e Ciências Sociais pela Uerj.
P