Share This Post

Blog da Fuzarca / Vasco

Vasco, mal dentro e fora de campo, apenas empata com o Avaí

Vasco, mal dentro e fora de campo, apenas empata com o Avaí
Ricardo Graça comemora seu gol, que não foi o bastante para o Vasco vencer a primeira no Brasileiro (foto: www.vasco.com.br)

Entra treinador, sai treinador, troca-se jogadores e o Vasco só faz piorar. O empate em 1 a 1 com o Avaí é uma prova disso. O elenco carente de qualidade explica parte do vexame – o qual poderia ser maior e se alguém pode reclamar da sorte pelo resultado é a equipe catarinense – mas não justifica o futebol abaixo da crítica apresentado pelo time comandado por Vanderlei Luxemburgo.

Se o profexô ensinou algo aos seus comandados na semana que teve para trabalhar, das duas uma: ou o ensinado não foi assimilado, ou Luxa ensinou ao time como NÃO jogar. Precisando do resultado, com um bom público em São Januário, o Vasco não conseguiu ser convincente em momento algum da partida. Incapaz de chegar com perigo ao gol do Avaí e extremamente convidativo para os contra-ataques do adversário, a impressão era de que o Avaí jogava em casa.

Mas a falta de compactação, os enormes espaços entre os setores e os milhares de passes errados não foram os únicos problemas. As escolhas do Luxemburgo para o elenco também se mostraram equivocadas. No post de ontem falei sobre os possíveis problemas de recomposição defensiva com um meio formado por Andrey, Lucas Mineiro e Bruno César. O que era óbvio se confirmou e nem o possível ganho técnico se confirmou: Bruno foi uma nulidade em campo, e tudo o que o time fez foi tentar cruzamentos na área com as subidas dos laterais ou do Rossi. Como resultado, fomos um time inofensivo.

As alterações que Luxemburgo fez também não resolveram muito. Manteve a estrutura do time, com apenas um armador e mesmo que Valdívia e Jairinho tenham ajudado o time a ter mais presença ofensiva, tudo o que fizemos foi tentar abafar o Avaí de forma desorganizada, encontrando um gol da única maneira possível: com um cruzamento na área e boa cabeçada de Ricardo Graça.

Mas o fato é que não merecíamos a vitória, que poderia ter se confirmado se a outra alteração do Profexô não se mostrasse um engano da pior forma possível. Fellipe Bastos, que entrou no lugar do Andrey, teve a chance mais clara de gol do Vasco na partida, mas isolou a bola praticamente embaixo das traves, com o goleiro batido. Sem marcar o segundo, a punição veio aos 49 minutos do segundo tempo, com o empate do Avaí.

O incrível gol perdido pelo Fellipe Bastos, que poderia ter garantido a vitória do Vasco

A atuação pavorosa do time serviu para evidenciar mais uma vez a necessidade de reforços para o elenco e o tamanho da encrenca que o Luxemburgo terá para fazer do Vasco uma equipe pelo menos competitiva. Mas a desorganização tática do time também deixou claro que, para o profexô não repetir os decepcionantes trabalhos dos últimos anos, precisará rever seus conceitos o mais rápido possível.

As atuações…

Sidão – se o Vasco não fez sua torcida passar por um vexame ainda maior, pode-se colocar isso na conta das várias boas defesas do goleiro ao longo da partida. No gol sofrido pouco poderia ter feito.

Yago Pikachu – poderia ter participado mais das jogadas ofensivas, mas não chegou a comprometer. Participou da jogada que originou o nosso gol.

Ricardo Graça – parecia nervoso, errando muitos passes nas saídas de bola. Fez o gol do time, mas não conseguiu cortar o cruzamento que originou o gol de empate do Avaí.

Werley – estava atrás do atacante do Avaí que empatou a partida, não conseguindo fazer nada para impedir o cabeceio.

Henrique – penou com as subidas pela sua lateral. No apoio, errou praticamente tudo que tentou.

Andrey – tirando um bonito drible no primeiro tempo, fez outra partida ruim. Não conseguiu dar a proteção necessária à zaga e errou toneladas de passes. Mas por pior que tenha sido, nada se compara ao gol perdido pelo Fellipe Bastos, que entrou em seu lugar.

Lucas Mineiro – outro que não conseguiu fechar os espaços no meio de campo com eficiência. Tentou ajudar na criação, mas foi igualmente incompetente.

Bruno César – lento e errando muito passes, não ajudou nem na criação nem marcando. Deu lugar ao Jairinho, que trouxe mais velocidade ao time. Suas jogadas pelo lado esquerdo foram alguns dos melhores momentos do time na partida.

Rossi – entre uma arrancada aqui e uma queda acolá, só acabou sendo efetivo acertando o cruzamento para Ricardo Graça marcar o gol vascaíno.

Marrony – não conseguiu superar a marcação adversária e acabou, mais uma vez, contribuindo muito pouco. Valdívia entrou em seu lugar e mostrou mais vontade que qualidade. Se enrolou sozinho várias vezes quando poderia construir jogadas importantes.

Maxi López – mesmo se esforçando para receber bolas, se movimentando um pouco mais que o normal, foi muito pouco acionado.

Share This Post

JC Barbosa avatar
Com um pai flamenguista e uma mãe botafoguense, Julio Cesar "JC" Barbosa é a prova viva que ser vascaíno é predestinação, não imposição. Torcedor de estádio, tanto na Colina quanto no antigo Maraca (hoje Arena), escreve sobre o Gigante na internet desde 2007.

6 Comments

  1. Paulo Eduardo avatar

    Queria saber quem o filho da puta que recontratou Felipe Bastos ??? Quem é esse FDP que negociou a volta dele??? E até quando teremos que aturar Andrey jogando no Vasco??? Até quando meu Deus??? Não existe a menor condição de sairmos desse estado de penúria extrema no qual viramos!!!! Somos a chacota do cenário nacional … Que vergonha pai, que vergonha!!!

    • Miguel Vasconselos avatar

      É difícil colocar nas costas de um jogador só, mas ontem ficou na conta do Felipe Bastos. Não pode perder um gol assim

  2. ffigueiredo09 avatar

    Com Maxi e Bruno Cheddar não dá, amigo! Tem que sumir com um monte de gente, mas tem que começar com esses dois mondrongos. Os dois pesadões se arrastam e com isso o time não consegue dar combate na saída de bola do adversário e induzir a zaga adversária ao erro. Se não tem combate na frente, também não temos bons volantes, pois o Andrey não marca e o Mineiro é um arame liso. Não tem armação de jogadas, pois o Bruno se esconde lá na frente e não dá apoio na criação. Esses jogadores só estão dando o retorno esperado.

    Olha, do jeito que as coisas caminham faremos uma campanha de 1o turno mais ridícula que os 13 pontos de 2015… é inconcebível 3 rebaixamentos e o sufoco do ano passado não deixam lições. O clube repete ano após ano a mesma receita para cair. E se cair desta vez meus caros, a verba de TV será reduzida drasticamente. Se hoje está ruim financeiramente, poderá ficar pior ainda.

    • Afonso Rammensee avatar

      Você está certíssimo em relação ao Maxi e ao Bruno Chedar, e as consequências para o conjunto com a escalação desses dois pesos mortos no time.

    • luizhrezende avatar

      O Valentim fez isso que vc falou: tirou o Maxi Cheddar e o Bruno Cheddar. Também deixou o Andrey esquecido no banco. Lógico que as substituições não resolveram. Aí, mandaram o Valentim embora e os novos técnicos fazem o quê? Começam a escalar de novo Maxi, Bruno e Andrey. Não vai dar certo. Já que seremos rebaixados, coloca a molecada da base pra jogar, põe o Tiago Reis, o Lucas Silva, o Caio Lopes, o outro volante que esqueci o nome. Com esses refugos em campo, é capaz de não vencermos um jogo no campeonato.

  3. Costa avatar

    E´ Galera. A situação está preocupante, pois cada Santo Milagroso que vem, parece que esqueceu como fazer o milagre tornar-se real. Creio que o Luxemburgo vai ter muito trabalho. Primeiro para levantar o moral da turma e identificar, no extenso grupo, quais os que realmente jogam alguma coisa. Depois armar um esquema e conseguir que os escalados sigam-no. Isto acompanhado de um severo preparo físico que permita aos jogadores atuarem nos últimos 15 minutos como se ainda estivessem no primeiro tempo. Importante, também, será fazer a Presidência reconhecer que só com o material humano existente não temos possibilidades de alcançar uma posição que nos dê tranquilidade. Por isso tudo temos que aguardar com paciência a evolução que almejamos. Pacientemente?!!!

Comments are now closed for this post.

P